18 de out de 2010

Oi gente!!! Perdão! perdão! perdão! Sei que estive ausente todo esse tempo, mas foi por motivo de força maior (trabalho! trabalho! trabalho!!!)... porém, não deixei a dieta de lado não... firme e forte com ela... é difícil eliminar peso, mas temos que ser perseverantes, sempre!!!

Tenho uma novidade: meu imc abaixou para 29,37... ou seja, não sou mais obesa!!! agora tô acima do peso... ai ai... é isso aí, mas a luta continua, tenho mais uns quilinhos para exterminar! rsrs.

Bom... continuo tomando o chá de gengibre e realmente senti diferença no meu metabolismo. Fiquei 1 mês afastada da academia (pelos mesmos motivos que não consegui tempo para postar aqui), mas mesmo assim, fui eliminando alguns gramas... o que me fez sentir muito melhor.

Hoje estou começando uma nova alimentação no meu café da manhã... vou me abster de pães, pelo menos por um período...

Num potão de vidro fiz uma mistura de:

- linhaça dourada
- granola
- castanha de caju (triturei no liquidificador)
- aveia
- germem de trigo.

De manhã, coloquei 3 morangos grandes e picados num pratinho, coloquei 2 colheres dessa mistura que fiz, e acrescentei 1 copo de iogurte light... e, mandei ver!!! rs. Ficou muito saboroso e fiquei saciada. Estou tomando chá e na hora do almoço, vou continuar minha alimentação com saladas, frango grelhado, arroz e feijão; vou tentar tirar o arroz e o feijão a noite... talvez não todos os dias, mas intercalando dias sim e dias não... como eu já disse aqui, estou em reeducação alimentar, e não tenho o porque fazer dietas radicais, melhor eliminar peso aos poucos, mas com saúde, do que emagrecer rápido e ficar doente...

Mas, é isso, aí, galera... espero que agora eu consiga mais tempo para postar umas matérias bem interessantes que encontrei nesse período que estive ausente... logo venho postá-las aqui.

Beijinhos a todos e uma excelente reeducação alimentar!!!

Ahhhh depois vou postar foto nova pra mostrar a diferença!  bjs


19 de mai de 2010

gengibre!!!

O friozinho vem chegando... o mês de junho se aproximando... e as festas juninas começam a ser programadas por todos... e, nelas, não podem faltar o tão apreciado "quentão"... aquela bebidinha feita com gengibre!... lembro-me de uma festa que fui, há muitos anos atrás, onde havia uma barraca descrito "quentão sem álcool"... e eu fiquei encucada com aquilo... como poderia?!... eu ainda era muito novinha e, nem me toquei que na verdade era um simples "chá de gengibre super quente!!!"... Em razão da ardência que aquela raiz tem, não precisa nem do álcool pra poder se esquentar!!! rsrsrs...

E, agora que tô em R. A., e nas pesquisas inconstantes sobre o tema, descobri que o gengibre é um alimento termogênico, ou seja, ele aumenta a temperatura do corpo e, com isso, obriga o organismo a gastar mais energia. Isso acelera o metabolismo e queima gordura. Isso é uma maraviha!!! ainda mais pra mim que tenho o metabolismo super lento!... E, a partir de hj vou aderir o gengibre à minha alimentação... Já fui até comprar no supermercado... vamos ver o resultado daqui pra frente... depois venho falar...

E, por isso, resolvi postar sobre o gengibre... porque, talvez algumas pessoas não saibam ainda, mas resolvi fazer esse blog para ter, também, uma referência para mim... assim, faço uma coletânica de informações que me serão úteis e, além de divulgar isso ajudando outras pessoas, já tenho uma fonte de pesquisa quando esqueço de alguma coisinha.... 

Então, vamos lá: GENGIBRE!!!

Um trabalho realizado na China mostrou aumento do metabolismo em 20% após o consumo de gengibre que pode ser usado cru, refogado ou em forma de chá, 3 vezes ao dia.Outra opção é bater no liquidificador com aipo, laranja, maçã ou qualquer outra fruta. Pode também ser consumida em cápsulas de 500mg, 3 vezes ao dia, no entanto a melhor forma é ao natural.

Fora o gengibre outros alimentos são também chamados de termogênicos, sendo considerados coadjuvantes no tratamento da obesidade:

Pimenta Caiena (pimenta vermelha): aumenta a circulação, melhora a digestão e aumenta a temperatura do corpo. Estudo realizado no Instituto Politécnico de Oxford mostrou que a pimenta caiena, aumenta o metabolismo em 20%. Este mesmo trabalho evidenciou ainda sua propriedade de retirar gorduras das artérias. Quantidade: 3 gramas ou 450mg (cápsulas), 2 vezes ao dia.

Vinagre de maçã: Um “cocktail” de 1 1/2 colher das de chá na água, 2 vezes ao dia, inicialmente pela manhã, e posteriormente, durante uma das refeições, pode diminuir a circunferência abdominal em 2,5 cm em dois meses. Em quatro meses, 5 cm. Depois, o organismo “cria resistência” e é aconselhável interromper a seqüência a cada três semanas, descansando uma. Mulheres que apresentam infecção por monilia (cândida albicans), devem evitar o consumo de vinagre.

Ômega 3: Aumenta o metabolismo basal, ou seja, queima calorias. Elimina o excesso de “líquidos” e aumenta a energia do organismo. Além disso, funciona como antiinflamatório, previne e trata doenças cardiovasculares. Fontes: óleo de prímula, óleos de peixes(como salmão e sardinha), semente de linhaça (misturar duas colheres de sopa a vitaminas, salada de frutas, saladas etc).

Chá verde: Reduz a absorção de açúcar no sangue inibindo a ação da amilase (enzima responsável pela digestão de carboidratos). Diminui a compulsão por carboidratos, acelera o trânsito intestinal e aumenta o metabolismo, ajudando na queima gorduras. Beba diariamente 1 xícara de cinco a 10 minutos antes das refeições.

Para fazerem efeito, os termogênicos devem ser introduzidos com regularidade no dia-a-dia. Mas há algumas medidas que queimam calorias sem nenhum sacrifício. Por exemplo, água gelada! - Beber oito copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias. Isto porque o organismo gasta energia para elevar a temperatura da água de 5ºC para 37ºc, que é a temperatura corporal interna

Pegar sol com filtro solar até às 10 da manhã e após cinco da tarde, e dormir em um quarto bem escuro, libera o hormônio MSH (hormônio estimulador de melanócitos), que queima gorduras.

O legal do gengibre é que custa baratinho e é super fácil de encontrar em qualquer parte do país; e ele não precisa ser consumido puro: você pode ingeri-lo como chá ou tempero na comida

Chá de gengibre
Leve ½ litro de água ao fogo e aqueça até 37 ºC (nessa temperatura, você ainda coloca o dedo na água sem incômodo). Despeje o líquido sobre 2 colheres (sopa) do gengibre cru ralado, tampe e deixe em repouso por cerca de dez minutos. Cuidado: o gengibre perde as propriedades em água muito quente.  O recomendado é tomar ½ litro da bebida por dia, dividido em cinco doses iguais. Tome o chá sempre depois das refeições.
 
 
Gengibre em pó
Corte o gengibre em fatias bem finas e deixe-as secando na sombra por uma semana. Depois, bata a planta no liquidificador até virar pó. Ela dura até seis meses em qualquer recipiente fechado. Consuma 1 colher (café) por dia. Acrescente o pó a sucos ou alimentos.



EVITE O EXCESSO DE GENGIBRE POIS ELE PODE MACHUCAR O INTESTINO!!!

9 de abr de 2010

Acabei de vasculhar umas fotos aqui e encontrei uma que tirei em 2004.... E, por coincidência, estou usando a mesma blusa hoje... nem fazia idéia de qto tempo ela estava no guarda roupa... rs... se bem que só usava no inverno.... mas, mesmo assim... muitos anos guardada, rs... Então, resolvi bater uma foto e postar aqui... De 2004 para 2010... já dá pra notar a diferença!!!! Apesar que em 2004 não estava tão acima do peso quanto em 2009.


29 de mar de 2010

Alongandoooooooooooooo

Impossível emagrecer com saúde sem mudar nossos hábitos.. tanto alimentar, quanto físico... A dieta já estou seguindo... a atividade física, ainda estou impedida pelo ortopedista... mas, eu conheço o limite do meu corpo e, quando não sinto dores nos joelhos, arrisco uma caminhada leve, apenas para me ajudar na perda de peso... Sei que isso é passageiro, logo, sem sobrecarga nos joelhos estarei totalmente APTA para voltar a me exercitar... enquanto isso não acontece... segue aqui algumas dicas de exercícios simples que podem ser feitos em casa mesmo! Vamos nos remexer!!! Mas, antes de qualquer atividade física, tem que alongarrrrrrrr...

Há quem compare um músculo sem alongamento a uma corrente de bicicleta seca, sem óleo. Já um músculo devidamente alongado poderia ser comparado com uma corrente lubrificada, que faz a bicicleta andar mais solta. Os alongamentos também são benéficos porque aumentam o âmbito dos movimentos e facilitam as atividades de desgaste. Sem falar na sensação agradável que proporcionam.


O certo é realizar os alongamentos antes de começar a atividade e depois que encerrá-la. No começo para que o músculo não seja forçado enquanto estiver "frio". E no final da atividade para que ele possa relaxar, e consequentemente, não deixar o atleta tão dolorido após o exercício.

Como é apenas um alongamento do músculo, os exercícios devem ser feitos de maneira suave. A posição correta é aquela que força levemente, mas sem machucar. E em nenhum exercícios pode ser aplicado solavancos ou movimentos do tipo "vai-e-vem", pois além de desgastarem não atingem resultados favoráveis e ainda podem causar contusões.





1 - Alongamento para o pescoço - Sentado, com as costas retas, gire a cabeça muito lentamente, caso sinta alguma área mais tensa, permaneça mais tempo sobre ela, porém não force, a porção mais tensa tende a se soltar aos poucos.(5 vezes em cada direção)


2 - Alongamento para pé e tornozelo - Sentado, com uma perna estendida e outra flexionada, rotacione o tornozelo no sentido horario e anti horário usando a mão como fonte de leve resistência, procure fazer os movimentos o mais amplamente possível.(10 vezes em cada direção)

3 - Alongamento e relaxamento para a virilha - Deitado de costas, com os joelhos flexionados e as solas dos pés juntas, permita que a força da gravidade execute o movimento para você. (manter-se nesta posição por 30 segundos)

4 - Alongamento para as costas - Deitado com as pernas flexionadas, entrelace os dedos atrás da cabeça na altura das orelhas, traga a cabeça suavemente para frente até perceber um alongamento suave da nuca, volte a posição inicial. (3 vezes de 5 Segundos cada)

5 - Alongamento para costas e virilha - Deitado com as pernas flexionadas, entrelace os dedos atrás da cabeça na altura das orelhas, com os pés descansando no chão aproxime os joelhos, levante uma das pernas e coloque-a sobre a outra, usando a posição da figura como base. Faça com que uma perna empurre a outra em direção do chão até sentir um bom alongamento em toda a lateral do quadril ou parte de baixo das costas. Mantenha os ombros, cotovelos, parte de cima das costas e cabeça apoiados no chão, a idéia não é tocar o joelho no chão. Faça o alongamento dentro dos seus limites.(30 segundos de cada lado)

6 - Alongamento da virilha - Com as solas dos pés juntas, segure-se nos pés e puxe-se delicadamente a frente a partir dos quadris, sem curvar as costas.(Manter-se nesta posição por 30 segundos)

7 - Torção de coluna - Sente-se com a perna direita esticada e dobre a esquerda. Passe seu pé esquerdo por cima da perna direita e apóie-se ao lado de fora do joelho direito. Depois dobre o cotovelo direito e coloque-o de fora da coxa esquerda, logo acima do joelho. Use o cotovelo para manter a perna parada, controlando a pressão para dentro. Com a mão esquerda apoiada atrás de você, gire lentamente a cabeça a fim de olhar por cima do ombro esquerdo, ao mesmo tempo, rotacione o tronco na direção da mão e braço esquerdos. Respire solto.(15 segundos de cada lado)

8 - Alongamento do quadríceps - Sente-se com a perna direita dobrada, calcanhar direito ao lado externo do quadril direito e sola do pé próxima a parte interior da coxa. A perna esquerda pode ficar estendida. Caso sinta dores em algum dos joelhos, descontinue o uso desse alongamento.(20 segundos de cada lado)

9 - Tensionamento da nádega - Na posição anterior, role o quadril para o lado conforme mostra a figura. (05 segundos)

10 - Repita exercício 8.

11 - Alongamento do tendão - Com uma das pernas estendida, flexione a outra a fim de tocar levemente a sola do pé na coxa da perna estendida. Dobre-se lentamente a partir dos quadris em direção do pé da perna estendida. Mantenha a postura por 20 segundos. Após sentir que a sensação de alongamento vai diminuindo, incline-se um pouco mais e mantenha-se nesse alongamento progressivo por 25 segundos. Caso não alcance os pés, use uma toalha para dar início aos exercícios.

12 - Repita 8, 9, 10 e 11 com a outra perna.

13 - Vários - Fique de pés, depois de cócoras, com os pés totalmente apoiados no chão, para fora num ângulo de 15º. Esse alongamento age sobre anterior das pernas, joelhos, costas, tornozelos tendões de aquiles e fundo da virilha. Caso sinta dores em algum desses locais, descontinue o uso desse alongamento. (20 segundos)

14 - Alongamento da região lombar das costas, quadril, virilha e tendão - Comece em pé com os pés afastados na largura dos quadris, deixe os joelhos sempre flexionados durante esse alongamento e mantenha o pescoço e os braços relaxados. Dobre-se lentamente a frente desde os quadris. Mantenha-se na posição suavemente até sentir que o alongamente vai sedendo, então dobre-se mais um pouco. Ao terminar, nunca erga o corpo usando os músculos lombares e sim flexione as pernas a fim de usar a força dos músculos da coxa para ficar de pé.(30 segundos)

15 - Alongamento em pé para perna e joelho - De pé, segure o peito do pé direito com a mão esquerda e puxe-o delicadamente em direção as nádegas. Procure forçar o menos possível sentindo um suave alongamento.(15 segundos cada perna)

16 - Alongamento em pé para perna e joelho - Apoie-se sobre algo seguro, a perna de baixo deverá ficar apontada a frente. Dobre o joelho e a perna de cima, enquanto desloca a frente os quadris sentido um alongamente nas partes posteriores das coxas.(25 segundos cada perna)

17 - Alongamento da panturrilha - Apóie-se com o braços flexionados em uma parede, mantenha uma das pernas flexionada e outra estendida de modo a criar uma posição de alavanca de apoio contra a parede. Mantendo as costas restas, leve os quadris levemente para frente, mantenha o pé totalmente apoiado no chão, sentindo um alongamento na panturrilha.(30 segundos de cada lado)

18 - Alongamento de tronco - Com as mão afastadas a largura dos ombros, apoie-se sobre uma plataforma mais alta do que uma mesa (uma geladeira, por exemplo), nessa posição permita que o tronco se abaixe. Alivia a sensação de cansaço do alto das costas.(30 segundos)

Obs. Ao voltar de qualquer alongamento que envolva os joelhos, caso esteja em pé, flexione sempre os joelhos para voltar das posições de alongamento.

Fonte: Fabiano Betuzzi (fisioterapeuta) http://www.cowboytavares.pro.br/

Ainda sobre o metabolismo

Como acelerar seu seu metabolismo e dar mais eficácia e rapidez na sua dieta


beber aguaSabe-se que a mulher geneticamente tem o metabolismo mais lento que os homens. Por isso o emagrecimento se torna mais lento, a perda de gorduras acumuladas mais difíceis. 

Mas existem algumas dicas que encontramos para poder ajudar na aceleração do metabolismo, isso somado a uma boa dieta ajudará no emagrecimento, diminuição de gorduras acumuladas e ainda no bom funcionamento de seu organismo, sem contar na eficácia e rapidez de sua dieta.

• Incluir alimentos em seu dia a dia que ajudam no bom funcionamento da tireóide, glândula responsável pela produção de hormônios que regulam o metabolismo, que por sua vez é responsável pela queima de calorias do organismo, seria um bom começo. Principalmente para pessoas que tem hipo ou hipertireoidismo Os alimentos seriam:

Fonte de magnésio: Alfafa, Amêndoas, Maçãs, Pêssegos, Abacate, Castanha do Pará, Arroz integral, Salsão, Figo, Peixe, Salsa e Uvas!

Fonte de cálcio: Brócolis, Couve flor, Couve manteiga, Semente de gergelim, Lentilha, Semente de girassol,

Fonte de potássio: Damasco, Banana, Cenoura, Salsa, Ervilhas, Salmão, Sardinha, Espinafre, Cereais integrais


  • Não siga a mesma dieta por muito tempo, de acordo com muitos nutricionista, seguir a mesma dieta faz o corpo se acostumar com uma quantidade de calorias, e nutrientes, assim se acomodando, freiando o metabolismo e o emagrecimento, tente variar de dietas.
  • Beba bastante água ela ajuda o sangue levar oxigênio para os músculos, ajudando na queima de calorias.
  • O limão-galego na água ajuda a manter a aceleração do metabolismo.
  • Ficar muitas horas sem comer freia completamente o metabolismo , então não deixe de comer, faça intervalos de no mínimo 4 horas.
  • As refeições só de saladas tem poucas calorias, mas freiam seu metabolismo, tente combiná-las com alimentos integrais, proteína magra e gordura boa.
  • Coma frutas secas com saladas, no iogurte ou na aveia. Têm uma grande quantidade de vitaminas e sais minerais, carboidrato do bem, que aceleram o metabolismo além de potentes antioxidantes.
  • Nos lanches,  dê preferência a frutas secas, um punhado de amendoim, uma barra de cereais ou um iogurte desnatado.
  • Para controlar a fome, tome um prato de sopa de legumes uma hora ou duas antes do jantar.
  • A combinação de alimentos picantes com amargos podem tonificar o baço órgão responsável pelo metabolismo energético, dizem os orientais.
  • Para o lanchinho da manhã e da tarde, dê preferências as frutas ácidas, como laranja, limão, tangerina e abacaxi são diuréticas e diminui a retenção de líquidos.
  • Só coma doces nas sobremesas uma vez ao dia, pois se tiver elevação da insulina sentirá muita fome.
  • Evite  cereais  de milho e arroz dê preferência aos ricos em fibras, grãos integrais e aveia.
  • Quando for comer, comece pelas saladas, eles te darão a sensação de satisfeita e comerá menos dos outros alimentos.
  • Os melhores alimentos que ajudam ao metabolismo: pimenta-vermelha, gengibre, vinagre de maçã, chá verde, mostarda, laranja, kiwi, cafeína, guaraná em pó, aspargos, vegetais fibrosos como brócolis, acelga e couve, gordura de coco, produtos derivados do cacau, alimentos fontes de ômega-3 (bacalhau, salmão, arenque, sardinha, anchova) e fontes de ácido linoléico conjugado (nutriente encontrado na carne bovina, de peru e em alguns laticínios).
  • Nabo, rúcula, cebola, gengibre são capazes de aumentar o calor no interior do organismo e por isso estimulam o metabolismo.
  • Os chás Verde e Branco são considerados os melhores de acordo com a cultura milenar oriental, ele tem substâncias desintoxicantes, antioxidantes e termogênicas, ou seja ajuda na aceleração do metabolismo e retardam o envelhecimento das células.
  • O Colágeno, seja em pó, cápsulas, líquido, contidas em alimentos, podem ajudar não somente na aceleração do metabolismo, como também é uma importante proteína, que fortalece as fibras da pele, evitando a flacidez. Encontre a que mais te agradar e ao seu bolso também.
  • Vinagre de maçã ajuda o fígado a promover a desintoxicação do organismo e contribui para ajudar a digerir alimentos e pratos ricos em gordura.
  • Tente esta “poção” aliada a uma boa dieta: **Em um copo, coloque uma colher das de sopa de vinagre de maçã, adicione uma colher das de sopa de mel de abelha, complete com água destilada ou filtrada.Tome antes das principais refeições. O vinagre de maçã também pode ser tomado apenas com água e adoçante. Mas puro somente em saladas. 
  • Bons carboidratos: alimentos  integrais e a base de fibras.
  • Fontes de gorduras boas.• Castanha-do-pará, de caju, amêndoa, amendoim, nozes, pinhão, pistache, azeite de oliva extravirgem, abacate, semente de abóbora, gergelim e girassol.
  • Evite:  Manteiga, chantilly, bacon, lingüiça, margarina e gordura vegetal hidrogenada
 créditos: http://www.dietaebeleza.com/como-acelerar-seu-metabolismo-e-dar-mais-eficacia-e-rapidez-na-sua-dieta/

Saiba como acelerar o metabolismo para perder peso

A nutricionista Alessandra Nunes, mestre em ciências aplicadas à cardiologia, explica que tais alimentos são chamados de termogênicos


Beber água gelada ou chá verde, comer alguns tipos de pimenta, ingerir gengibre e produtos que contenham ômega 3 são uma ajuda e tanto para acelerar o metabolismo e, por sua vez, favorecer a perda de peso.

A nutricionista Alessandra Nunes, mestre em ciências aplicadas à cardiologia, explica que tais alimentos são chamados de termogênicos. "Quando digeridos, aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal. Com isso, queimam calorias e ajudam a emagrecer. Mas para terem efeito devem ser ingeridos com regularidade no dia-a-dia", explica.

A profissional, também professora do curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo, lembra, no entanto, da importância de se manter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos, freqüentemente, para obter os resultados esperados. 

O metabolismo é o conjunto de transformações que os nutrientes e outras substâncias químicas sofrem no interior do nosso corpo, produzindo energia suficiente para mantê-lo funcionando. "É influenciado por inúmeros fatores, tais como genética, idade, peso, altura, sexo, temperatura ambiente, dieta e prática de exercícios", afirma. 

Confira os efeitos de alguns alimentos termogênicos:

Água gelada: Beber oito copos de água gelada por dia queima cerca de 200 calorias. Isto porque o organismo gasta energia para elevar a temperatura da água de 5ºC para 37ºC, que é a temperatura corporal interna. 

Pimenta caiena (pimenta vermelha): Acelera o metabolismo em 20%, porque aumenta a circulação e a temperatura do corpo, além de melhorar a digestão. Tem a propriedade de retirar gorduras das artérias. 

Gengibre: Aumenta o metabolismo em 20%. Pode ser usado cru, refogado ou em forma de chá. Outra opção é bater no liqüidificador com aipo, laranja, maçã ou qualquer outra fruta. 

Ômega 3: Aumenta o metabolismo basal, ou seja, queima calorias. Funciona como antiinflamatório, previne e trata doenças cardiovasculares. Fontes: óleo de prímula, óleos de peixes (como salmão e sardinha) e semente de linhaça. 

Chá verde: Reduz a absorção de açúcar no sangue, inibindo a ação da amilase (enzima responsável pela digestão de carboidratos). Diminui a compulsão por carboidratos, acelera o trânsito intestinal e aumenta o metabolismo, ajudando na queima de gorduras. 

Outras dicas para manter o metabolismo acelerado: 

- Fracionar as refeições entre cinco e seis vezes ao dia;
- Comer devagar e mastigar bem os alimentos;
- Reduzir o consumo de alimentos gordurosos e ricos em açúcar e farinhas refinadas;
- Dar preferência aos alimentos ricos em fibras (grãos integrais, legumes, frutas e verduras), pois levam mais tempo para serem digeridos e, por isso, aceleram o metabolismo.

créditos: http://www.meionorte.com/noticias,saiba-como-acelerar-o-metabolismo-para-perder-peso,67556.html

Acelerando o metabolismo

O que é Metabolismo?

Existem muitas abordagens científicas para explicar isso. Porém a melhor abordagem é aquela acessível ao maior número de pessoas possível, que podem entender essa definição a partir de uma linguagem clara e objetiva: metabolismo é a taxa com que o seu corpo queima calorias para se manter vivo.
O seu corpo queima calorias 24hs por dia, todos os dias, não importando se você malha ou não. Lembre-se que o seu corpo precisa de energia o tempo todo, mesmo quando você está dormindo e é por isso que deixar de fazer refeições é com certeza a pior coisa que você pode fazer se o seu objetivo é perder peso através da queima de gorduras. 

O que afeta o metabolismo?

Muitas pessoas acham que fatores como níveis de atividade física, tireóide e idade têm grande impacto no seu metabolismo. Esses fatores realmente afetam o seu metabolismo, mas não tanto assim.
O que mais afeta o metabolismo é o tecido muscular. Quanto mais músculos você tiver, mais calorias você vai queimar, independente do do seu nível de atividade, da sua idade, etc. Os músculos são tecidos vivos e estão lá para trabalhar para você, queimando calorias 24hs por dia - todos os dias.

Aqui estão 8 fatores que afetam o metabolismo, em ordem de importância:

(1) Tecido muscular: São fundamentais por causa de todos os fatores citados acima.

(2) Frequência das refeições: Quanto mais tempo você dá entre as refeições, mais o seu metabolismo diminui para conservar energia.

(3) Nível de atividade: É importante, mas não faz nenhuma diferença se você não compatibiliza a sua alimentação com o seu gasto calórico.

(4) Escolha dos alimentos: Por exemplo, as dietas baixas demais em gordura tendem a resultar em baixa produção hormonal o que leva à diminuição do metabolismo.

(5) Hidratação: Mais de 70% das funções do corpo acontecem na presença de água. A falta de água faz com que o seu metabolismo pise no freio.

(6) Genética: Algumas pessoas têm um metabolismo naturalmente mais acelerado do que outras. Você não pode mudar a genética, mas podeestimular a aceleração do seu metabolismo.

(7) Produção e função dos hormônios: É muito pouco provável que você tenha uma tireóide "preguiçosa". Antes de culpá-la, primeiro estabilize o nível de açúcar no sangue (taxa de glicose) e comece progressivamente a praticar exercícios 2-3 vezes por semana.

(8) Estresse: O estresse também pode diminuir o seu metabolismo por colocar o seu organismo em estado de tensão. Além disso, muitas pessoas tendem a comer mais quando estão estressadas.

Porque o metabolismo diminui?

Pesquisas indicam que o metabolismo não diminui significativamente de acordo com a idade e sim de acordo com a falta de músculos. E você não perde músculos de uma hora para outra só por ficar mais velho, e sim por causa da falta de uma atividade física que cause um estresse positivo nos músculos fazendo com que eles se mantenham ou se desenvolvam.
Essas são as 2 maiores causas que fazem com que o seu metabolismo diminua:
  1. Perda de tecido muscular
  2. Diminuição do nível de atividade à medida que se fica mais velho
Você pode perder tecido muscular devido à falta de atividade física específica para esse fim (musculação) ou por não fazer uma alimentação adequada e disciplinada. Quando você pula refeições ficando muito tempo sem comer, o seu corpo vai obter a energia que precisa consumindo o seu próprio tecido muscular (catabolismo).

Logo:
MENOS MÚSCULOS >> METABOLISMO MAIS LENTO >> MAIOR ACÚMULO DE GORDURA

Ao mesmo tempo que ingerir alimentos de baixo teor calórico o dia inteiro não é eficaz para o emagrecimento. No início da sua "dieta das folhas" o seu organismo vai normalmente estar com um metabolismo mais alto.
Isso vai ser ótimo porque você vai perder peso durante os primeiros dias e pensar que está no caminho certo. Só que com o passar do tempo o seu metabolismo vai diminuindo, e essa dieta passa a não surtir mais efeito.

Você fica cansado de comer folhas e volta a comer normalmente o que comia antes. Você acaba engordando tudo de novo. Isso vale para qualquer dieta, seja ela dos sucos, do abacaxi, da melancia, e de qualquer outra dessas "dietas da moda".

A melhor solução para emagrecer é aumentar o seu metabolismo e se livrar do excesso de gordura. Não dê ouvidos aos pessimistas que sempre colocam a perda de gordura como uma coisa difícil e inacessível.

Passo 1 - Parar de acumular gorduras novas

Não faz sentido iniciar um programa de exercícios sem que você primeiro passe por uma mudança nos seus hábitos alimentares e pare de ficar acumulando gorduras novas no final do dia.

Não se engorda devido à falta de exercícios. A pessoa engorda porque abastece o corpo com mais calorias do que ele precisa num determinado momento. Então a solução deve partir da mudança dos hábitos alimentares.

Não é necessário fazer uma dieta super rígida. É possível comer o que gosta se você ingerir apenas a quantidade da qual o corpo precisa. Comer além do que o necessário é que faz com que o corpo acumule gordura.

Para queimar gordura é necessário parar de acumular novas gorduras. Como já foi discutido, basta ajustar a sua alimentação ao seu nível de atividade. Isso significa pequenas e balanceadas refeições a cada 2-3 horas e a quantidade de calorias em cada refeição vai depender do seu nível de atividade.

Passo 2 - Ataque a gordura existente
Isso requer uma combinação de fatores que consiste em:
  1. Estabilização dos seus níveis de glicose no sangue
  2. Prática gradual de exercícios aeróbicos e exercícios de força (anaeróbicos).
Existem carboidratos que devem ser consumidos sempre, e outros que só devem ser consumidos de forma restrita.

Os que devem ser consumidos sempre são aqueles de baixo índice glicêmico (mantém estáveis os níveis de insulina, evitando a oscilação da glicose no sangue e afastando a fome por mais tempo). Esses são exemplos de alimentos que devem ser consumidos sempre, pois são ricos em fibras e levam mais tempo para serem digeridos, acelerando assim o metabolismo: grãos integrais, legumes, frutas e verduras.

Evite consumir com frequência alimentos de alto valor glicêmico, tais como arroz branco, doce, açúcar, biscoito e bolo. No processo de refino, as fibras são retiradas e dão lugar ao açúcar e aditivos, que retardam o metabolismo. 

Esses alimentos são digeridos rapidamente. Essa rapidez engana o cérebro, que sinaliza com mais fome em pouquíssimo tempo.

Com relação aos exercícios, é muito importante a prática tanto de exercício aeróbicos como exercícios anaeróbicos (musculação) pelos motivos que já colocamos aqui. A musculação é fundamental para manter e desenvolver a musculatura, que é o mais importante para quem quer acelerar o metabolismo e promover a perda de gordura.

Os exercícios aeróbicos são importantes também por gastarem calorias. Lembre-se que 30 minutos de corrida na esteira consomem aproximadamente 300 calorias. No final das contas isso é muito importante no resultado do seu balanço calórico diário.

Com a suplementação conseguimos uma boa ajuda para acelerar o metabolismo e promover a perda de gordura.

25 de mar de 2010

e lá se foram 11 quilos!!!

Bom.. cá estou eu de novo... há tempos não venho aqui, pois, em razão da cirurgia e da necessidade do repouso, acabei acumulando muita coisa do meu trabalho e, agora, tive que colocar a casa em ordem!

Pois é... já se foram 11 quilos... passei por uma endocrinologista essa semana, que não é a mesma que vem me acompanhando por todo o meu tratamento que me disse "você emagreceu pouco".... Afff... foi o cúmulo do absurdo pra mim ouvir aquilo... acho que ela não leu no meu prontuário que meu metabolismo é ultra mega lento e que a artrose nos meus joelhos me impede de ativide física, enfim... em um mês, emagreci 10 quilos... nunca conseguiria isso sem atividade física e remédios... e olhe que, mesmo com eles, alguns anos atrás, já não conseguia mais... mas, enfim... achei melhor não comentar nada e continuar esperando a consulta com a minha endocrinologista mesmo... só passei com ela porque me ligaram do convênio marcando essa consulta, para acompanhamento do pós operatório, já que estão adaptando as agendas médicas e, como preciso refazer os exames pós cirurgicos, não daria tempo de esperar... mas, tudo bem... o principal era pegar as guias médicas e isso já tá na mão... segunda-feira irei fazer os exames...

Mas, no geral, tô muito feliz!!! O espelho ainda me condena como gorda... acho que é mais psicológico mesmo... as roupas me provam que estou emagrecendo mesmo... mas, o principal de tudo é que não estou sentindo fome e aprendi a fracionar minhas refeições.... a cada 2 horas, faço uma refeição leve... o que me ajuda a não sentir aquela fome de leoa... e, com isso, a reeducação alimentar está fazendo efeito....

Vou postar aqui uma foto que tirei antes e outra depois da cirurgia... acho que assim, consigo ver um pouco a diferença... o rosto já está mais fino, também!

beijinhos!!!




Ervas que emagrecem!!!

Em visita ao site http://www.plasticaebeleza.terra.com.br/ encontrei uma matéria muito interessante e resolvi postar aqui... A matéria é da Rosina Silva


Ervas que emagrecem!

Elas aceleram o metabolismo, acabam com a vontade de comer doces e não deixam o organismo absorver as gorduras ingeridas. Sonho? Não! Tudo isso é possível com a ajuda de ativos naturais que agem em prol da nossa beleza e boa forma. confira a seguir como funcionam os princípios mais eficientes da categoria.

Até parece comercial de televisão, mas, depois que você ler sobre essas cinco ervas da “pesada”, vai ficar difícil escolher a que mais lhe agrada. Uma tira aquela vontade de louca de comer doces; a outra acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura; e as outras dão aquela sensação de saciedade, que faz você comer bem menos. Ou seja, elas são tudo aquilo que mais precisamos para entrar em forma e desfilarmos lindas no verão.

Consumidas in natura ou na forma de cápsulas (extrato), elas surgem como uma promessa para quem precisa correr atrás do prejuízo e enxugar uns quilinhos. Agora, como sabemos, não há milagres. Por isso, além de fazer uso dos medicamentos, é preciso aliar um regime alimentar adequado a uma rotina de exercícios físicos. Para o primeiro, nós damos uma mãozinha e trazemos um exemplo de cardápio de um dia. Mas a malhação fica por sua conta. Olha, o verão aí!


CAPIM- LIMÃO *ADEUS GORDURA

Nativa das regiões tropicais da Ásia, especialmente Índia, essa erva bastante conhecida (Cymbopogon Citratus) é uma planta medicinal, muito usada pela população local para tratar doenças. A infusão tem propriedades analgésicas, calmantes, antidepressivas, diuréticas, expectorantes e bactericida, além de ser um ótimo estimulante estomacal.

Para que a erva surta os efeitos desejados, a nutricionista Vivian Goldberger ensina a preparar o chá: “Esquente um litro de água até abrir fervura. Depois, desligue o fogo e acrescente uma colher de sopa do capim-limão. Abafe por dez minutos e coe. Tome quente, morno ou frio”.

Por que funciona?

A erva é reconhecida por sua potente ação emagrecedora. Ela contém princípios ativos que agem nos rins, fígado e intestino, dissolvendo a gordura corporal. A dica, para que a erva tenha esse efeito, é ingerir uma xícara de chá de capim limão após as três grandes refeições. Só fique ligada: pessoas com gastrite, gestantes e lactantes devem passar longe dele.


CHÁ AMARELO * METABOLISMO A MIL

Derivado da planta Camellia Sinensis (a mesma do chá verde, branco, preto e vermelho), ele possui efeito emagrecedor e rejuvenescedor, só que sem o sabor amargo que é característico dos outros. Ele é mais suave. Sua produção inicialmente é similar a do chá verde, mas com uma fase de secagem mais lenta, onde as folhas úmidas repousam até amarelarem. A maneira correta de prepará-lo é juntar uma colher de sopa da erva desidratada a um litro de água quente. Mas lembre-se: nunca coloque a erva com a água fervendo. Desligue o fogo antes. Abafe por dez minutos e beba quente, morno ou gelado. “Triplique a medida da erva, se for fresca. O ideal é consumi- lo logo após ficar pronto, antes que o oxigênio do ar destrua parte dos componentes ativos. Se não der, coloque em uma garrafa térmica para preservá-los, por até 24 horas”, indica a nutricionista Vivian Goldberger, da clínica Emagrecentro (SP).

Outra recomendação que ela faz é para quem tem sensibilidade à cafeína. Como a quantidade dela é alta na erva, pode causar insônia. Mesmo para aquelas que não sofrem do mal, a recomendação é que a última xícara do chá seja até às cinco horas da tarde

Por que funciona?

Devido a fermentação lenta, o chá adquire uma maior quantidade de polifenóis (antioxidante natural que atua na pele evitando o envelhecimento e age na prevenção de rugas precoces). São três tipos de polifenóis: o tanino, que atua na diminuição dos níveis de colesterol ruim (LDL); e os flavonoides e as catequinas, que elevam o metabolismo dos lipídios e carboidratos, acelerando a queima de gordura. Outro benefício é a ação diurética e termogênica, que evita a retenção de líquidos e estimula a queima calórica.


KOUBO * ADEUS GORDURA

Cacto para emagrecer? Pode parecer absurdo à primeira vista. Mas especialistas encontraram em uma espécie nacional, o Cereus sp, que auxilia (e muito) na perda de peso. Conhecido como o “doce do deserto”, o koubo é muito popular no Nordeste e, encontrado em todo mercado municipal da região. “Ele diminui a vontade de comer doces e atua como moderador natural do apetite, devido a sua propriedade sacietogênica - que aumenta a sensação de saciedade”, diz o diretor de pesquisa e desenvolvimento da Pharmacopéia, grupo responsável pela patente nacional do produto, Fernando Luna (SP). Com a venda liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desde que haja prescrição médica, esse é o primeiro fitoterápico com registro brasileiro para emagrecimento. A dosagem varia para cada pessoa. Mas, em geral, as cápsulas levam de 200 a 400 mg e podem ser consumidas uma hora antes das refeições.

Por que funciona?

O koubo possui tiramina, uma amina proveniente do aminoácido tirosina que aumenta a pressão arterial, causando a taquicardia. No koubo, a dose da substância é muito pequena - só o suficiente para provocar maior gasto calórico. Além disso, ela diminui a vontade de comer”, afirma o médico nutrólogo Maximo Asinelli (PR). O cacto também auxilia na queima das gorduras corporais. “Ele provoca o hormônio glucagon, que é responsável pela utilização das reservas energéticas do organismo, aumentando a quebra das moléculas de gordura e açúcar”, explica a nutricionista Michelle Barrella, da clínica Arthys (RJ).


PHOLIAMAGRA *ANT IBARRIGA

A Ecalyculata vell ou laranja do mato, como é conhecida popularmente, é uma planta brasileira, muito comum nos Estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Acre e Goiás. Conhecida comercialmente como folha magra ou pholiamagra, ela é muito utilizada na forma de infusão (chá). Porém, seus efeitos são menores dessa forma. Para uma ação mais power, os pesquisadores desenvolveram um extrato seco dele, que mais tarde deu origem a uma bala. É isso mesmo: um doce que emagrece!

Ele mata a fome, extermina a gordura da barriga e reduz a celulite. Bem que ela poderia se chamar “tudo de bom”! Mas o milagre não é tão simples. Para consumi-lo, é necessário prescrição médica e só é vendido em farmácias de manipulação. A sugestão de dosagem diária é de 125 a 300 mg, duas vezes ao dia. Por agir diretamente no sistema nervoso central, sua prescrição precisa ser muito bem avaliada por um especialista.

Por que funciona?

A alta concentração de cafeína encontrada na pholiamagra garante uma intensa ação termogênica, que acelera o metabolismo e, consequentemente, a queima de gorduras. Outra ação é de inibidora do apetite, pois reduz os receptores CB1 (que estão diretamente ligados a sensação de fome) no centro do hipotálamo. Aliado a isso, ele ainda é diurético, o que é uma benção para as mulheres que sofrem com retenção de líquidos e a danada da celulite. “A sua forte atuação na queima de gordura localizada lhe deu a fama de fitoterápico antibarriga”, complementa Fernando Luna, da Pharmacopéia.


BATATA TAMBÉM EMAGRECE!

Mas as ervas não estão sozinhas no mundo vegetal. A batata também ajuda na perda de peso

SLENDESTA * EMAGRECER É BATATA!

A palavra batata remete a carboidrato, que lembra: “vilão da dieta”. Mas, quem diria, o ingrediente “quase proibido” é a promessa de um novo medicamento para emagrecer: o Slendesta. Além de controlar os episódios de compulsão alimentar, a pessoa, que consome o medicamento, chega mais saciada às refeições. Ele também reduz a circunferência da cintura e do quadril.

Segundo dados observados em um estudo feito, durante 20 semanas, pelo fabricante, os participantes perderam, em média, 5 kg e ainda apresentaram reduções de 6 cm na cintura e de 4 cm, nos quadris. Mas, antes de se animar, saiba que o produto só é comercializado em farmácias de manipulação e mediante prescrição médica. Por outro lado, ele conta com o selo de alta confiabilidade recebido do FDA – Food and Drugs Administration, órgão máximo regularizador de medicamentos nos Estados Unidos. De acordo com o endocrinologista Tércio Rocha (RJ), a recomendação é de cápsulas de 300 mg: uma, ao acordar; outra, antes do almoço; e mais uma, antes do jantar.

Por que funciona?

O principal componente ativo do Slendesta é o inibidor de proteinase II (IP2), que atua no organismo estimulando a produção do hormônio CCK (Colecistoquinina), responsável pela sensação de saciedade. Com isso, a produção de CCK, pelas células do intestino, fica mais ágil e a sua “viagem” ao cérebro, mais rápida. “Ele é um hormônio que inibe o impulso da fome, possibilitando o envio de sinais para o cérebro, do tipo: ‘estou satisfeito’; ‘pare de comer’, esclarece a nutricionista Michelle Barrella.

O medicamento não interfere na absorção de nutrientes. Portanto, mesmo comendo menos, se ainda continuar consumindo alimentos gordurosos, calóricos e pobres em nutrientes, a gordura será absorvida. Por isso é essencial aliar uma dieta balanceada, com o consumo de bastante fibras – que dão a sensação de saciedade -, para garantir os resultados. É importante também lembrar que o ingrediente não interage com o sistema nervoso central. Por isso, não apresenta efeitos colaterais.

7 de fev de 2010

TÉCNICA CIRÚRGICA FOBI-CAPELLA

Para quem quiser saber mais detalhes sobre a técnica que utilizei para a minha redução de estômago, aqui vai as informações trazidas pelo site do meu cirurgião, o qual, recomendo!!! O site está aqui, para quem quiser verificar, também!...


TÉCNICA CIRÚRGICA FOBI-CAPELLA

É uma derivação gástrica (Gastric Bypass), método mais eficaz e mais utilizado no mundo. Consiste em reduzir o volume do estômago a não mais do que 30ml e conectá-lo ao intestino.


Essa técnica além de reduzir o volume gástrico também diminui a velocidade de esvaziamento já que é colocado um pequeno anel de contenção.

O procedimento pode ser por via laparoscópica (realizada através da introdução de pinças especiais no abdome por 6 pequenas incisões), ou através de uma incisão abdominal (entre 10 e 18 cm, iniciando no final do osso esterno em direção ao umbigo), ambas com duração aproximada de 2 horas e meia.

Em relação aos procedimentos gastro-restritivos, há perda de peso final maior (40% do peso), manutenção da perda de peso em longo prazo e maior facilidade de controle pós-operatório.

A técnica é considerada "Gold Standard" (Padrão Ouro) nos EUA, com tempo de espera de mais de 15 anos (parâmetro para avaliação da perda de peso em relação a outras técnicas).

minha gastroplastia

Vou fazer um resumo aqui do porque tive que optar pela Gastroplastia para me ajudar na redução de peso.

Eu nasci com mais de 4 quilos, embora minha mãe não saiba precisar exatamente ao certo, mas lembra-se que eu era uma bebê bem rechunchuda e que chamava muita atenção por causa disso... O tempo foi se passando e, durante um determinado período, fui uma criança magra... talvez, no período em que não havia problemas em minha vida... em que tudo era brincadeira, corria muito, brincava muito e comia o necessário para me manter bem.... até que na pré-adolescência, com as transformações do meu corpo, comecei a aumentar de peso.... no início, chamava a atenção pelas formas de mulher, embora ainda fosse uma menina... confundiam-me pelas formas físicas, pela postura, pelo linguajar... enfim, recebia cantadas que me assustavam até... já que, no meu quarto, ainda colecionava inúmeros ursos de pelúcia....

Mas, na escola, comparavam-me com as outras meninas, que se vestiam e se portavam como meninas.... e daí, nasciam-me os apelidos por ser "gorda".... apesar deles se contradizerem com os olhares dos professores homens que, também, me viam como mulher.... Talvez, pelo meu geito descontraído, de não dar atenção às piadinhas (embora por dentro estivesse me corroendo com algumas...) esses apelidos logo caíram no esquecimento, da turma que foi me acompanhando por todo o ginásio.... e algumas, até o colégio, em outra escola... lá, já com outras pessoas, algumas até mais velhas que eu, passei a ter uma outra convivência e aqueles apelidos, caíram em desuso e, passei a receber galanteios de alguns coleguinhas.... até começar a vir os namorados... e... o passar do tempo.... a necessidade de trabalhar e estudar... a rotina.... e a distância das aulas de educação física e da academia que me faziam, ao menos, não engordar tanto....

Com o passar do tempo a faculdade e aí sim... passei um período complicado... além da vergonha do meu corpo, que piorava por me esconder atrás de roupas que não me valorizavam, vieram quilos e quilos a mais, somados com problemas hormonais e da tireóide.... que me faziam emagrecer e engordar em curtos períodos.... num verdadeiro EFEITO SANFONA...

Remédios naturais, manipulados, controlados, chás, dietas infinitas.... somada a uma vida agitada, sem descanso, sem exercícios, só trabalho e estudos, garrafas e garrafas de café para ficar a noite acordada para dar conta dos estudos e, ainda, achar um tempinho para namorar no final de semana.... essa foi minha vida durante alguns anos.... até que... a saúde começou a mostrar sinais não muitos bons e comecei a ter os primeiros problemas com a pressão arterial.... e fui obrigada a fazer uso de medicação.

Ainda na época da faculdade, descobri um problema no meu joelho e, por determinação médica, tinha que exercitá-los sempre e precisava reduzir meu peso.... a grande falha, foi não ter sido examinada a contento e, sem saber que estava com artrose, procurei fazer atividade física e intensificava os exercícios com peso e impactos nos joelhos, agravando ainda mais a minha situação....

Em 2007/ 2008 veio a minha gravidez e o aumento de peso me obrigou a aumentar a dose do remédio, pois minha pressão arterial estava cada vez mais alta... e, em razão disso, descobri por exames que estava perdendo cálcio..... e meu joelhos, estavam cada vez mais frágeis.

Intensifiquei uma dieta para ver se conseguia perder peso; porém, a medicação já não fazia mais efeito e, a quantidade de peso que estava perdendo, não estava sendo o suficiente para tirar a sobrecarga dos meus joelhos e, foi então, que após, consultar inúmeros médicos, resolvi aceitar a gastroplastia como sendo a melhor opção para haver a redução do meu peso e com isso, ter uma qualidade de vida melhor, ainda que  longo prazo...

E assim, eu fiz!!! No dia 03 de fevereiro de 2010 lá fui eu para o Centro Cirúrgico do Hospital Alvorada em Moema, nas mãos do Dr Carlos Eduardo Pizani, da equipe do Dr José Afonso Sallet, do Instituto Sallet... A cirurgia foi um sucesso! A técnica utilizada foi a BY-PASS GÁSTRICO (FOBI-CAPELLA) VÍDEOLAPAROSCÓPICO SEM ANEL.

Aos poucos, vou descrevendo aqui as mudanças que minha vida já vem tomando, desde a cirurgia.

Beijinhos

22 de jan de 2010

Dicas alimentares para combater flacidez, gordura localizada, estrias e celulite (tudo, obviamente, associado aos exercícios físicos)


FLACIDEZ

Consumir alimentos construtores (protéicos) que aumentam produção de colágeno; reduzir consumo de gordura que destroem o colágeno.

GORDURA LOCALIZADA

Reduzir consumo de gorduras, frituras, açúcar (alimentos contidos no ápice da pirâmide alimentar); aumentar consumo de frutas e vegetais (alimentos reguladores), fibras e água.


ESTRIAS

Aumentar consumo de alimentos construtores (protéicos), que aumentam produção de colágeno, de frutas e verduras (alimentos reguladores), de cálcio e água.

CELULITE

Diminuir consumo de sal, que causa retenção de líquidos e edemas, e de alimentos gordurosos e frituras; reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, cafeinadas e refrigerantes, que diminuem o calibre das artérias, dificultando a circulação; aumentar o consumo de fibras e água/chás.

17 de jan de 2010

Drenagem... tudo de bom!!!

Bom... eu sou fã de drenagem linfática!!! ADOROOOOOOOOOOOO!!!! É uma pena que, muitas vezes, economicamente falando, não dá para fazer sempre.... mas.... isso não significa que não seja possível fazer uma auto drenagem.... e, assim.... eu me viro!!! Vale muito a pena....


Muitas pessoas associam a drenagem como um procedimento pós-cirurgico; no entanto, eu sempre fiz drenagem sem ter passado por cirurgia alguma e, simplesmente, como uma forma de desintoxicar meu organismo e reduzir uma retenção de líqüido que insiste em me acompanhar.... (ai ai ai... isso vai mudar, logo, logo!!!)


Como eu já estou acostumada com as drenagens, já tenho uma certa "experiência" com os pontos certos para drenar, e também uns cremes específicos para aquela situação... mas, lendo uma matéria sobre o tema na Revista Dieta Já, resolvi postar aqui, por achar bem interessante e creio que será útil para muita gente. Bom.... quem for copiar, não esqueçam de citar a fonte.... pois do contrário, isso pode ser considerado plágio! Boa Sorte e Massageie-se!!! Beijinhos













15 de dez de 2009

"O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal."




que não nos esqueçamos disso durante as festas, para que nosso objetivo não seja destruído!!! Sigamos em frente, sempre!!!


FELIZ NATAL!!!

7 de dez de 2009

nossa!!! mais de um mês sem vir aqui... caramba!!! final de ano é correria total....

bom.. vamos lá... tenho passado com os médicos na medicina preventiva... estou fazendo os exames... e essa semana tenho retorno com a cardiologista e a nutricionista.... e, depois disso, vamos ver o que vai dar... ainda falta um exame para fazer e não consegui realizá-lo... marquei retorno com a endocrinologista para ver se a guia foi preenchida errada ou, se há a indicação de algum laboratório que o realize; pois não consegui encontrar em lugar algum para fazer....

bom.... minha alimentação tá tranquila.... a nutricionista pediu para eu fazer um diário de 10 dias de tudo que eu consumir... e, percebi que, de fato, não ingiro muita alimentação não... tô comprovando que meu metabolismo que é muito lento mesmo.. devagar, quase parando.... uma droga isso! mas, enfim... vamo que vamo...  o importante é que, aos poucos, o ponteiro da balança está diminuindo...

não tenho pressa... busco qualidade!

1 de nov de 2009

O colorido das frutas

Que as frutas nos trazem inúmeros benefícios é indiscutível. São riquíssimas em vitaminas, minerais e fibras que ajudam a saciar a fome e tem poucas calorias, por serem pobres em gorduras, que nos ajudam a emagrecer e manter a boa forma! Assim sendo, vou postar uma matéria que li sobre as substâncias que elas contém de acordo com a cor predominante e as propriedades nutricionais de algumas... Afinal, saber o que estamos comendo é imprescindível!!!



VERMELHA

Substância Ativa: licopeno
Ação: possui alto teor de vitamina C, que funciona como um antioxidante natural e combate o estresse
Onde encontrar: caqui, melancia, goiaba, etc

OBS.: também são ricas em bioflavonóides, substância que combatem os radicais livres, elas melhoram o funcionamento do sistema cardiovascular e das articulações, e deixam a pele e o cabelo mais bonitos


VERDE

Substância Ativa: clorofila
Ação: potente energético celular
Onde encontrar: kiwi e limão, etc


AMARELA/ ALARANJADA

Substância Ativa: betacaroteno
Ação: participa da síntese do colágeno, mantendo pele, cabelo e tecidos saudáveis
Onde encontrar: abacaxi, manga, caju, laranja, melão, etc


ROXO

Substânica Ativa: antocianina
Ação: pigmento ligado à vitamina B1, conhecida como "vitamina da disposição"
Onde encontrar: uva, ameixa, amora, uva, jabuticaba, etc


FRUTAS OLEAGINOSAS

Contém gordura poli-insaturada, que abaixa o colesterol tuim e aumenta o colesterol bom. O selênio, presente nelas, estimula o funcionamento da tireóide; o potácio melhora a contração muscular e é excelente antioxidante


FRUTAS SECAS

A versão desidratada das frutas é excelente para controlar aquela vontade louca de doces. Além do sabor adocicado, têm a vantagem de ter os mesmos nutrientes das versões frescas.




OPÇÕES DE A a Z

Abacate: rico em gordura vegetal, fósforo, proteínas e ômega-3 (gordura que faz bem ao coração)

Abacaxi: fonte de vitamina B1 e B6, magnésio e fibras

Açai: rico em proteínas, fibras e vitaminas B1 e B2

Banana: composta por 70% de água, contém potássio e fibras, que auxiliam no funcionamento intestinal

Caqui: tem alto teor de fibras e é rico em vitaminas B1 e B2

Coco: ótimo para quem quer emagrecer, pois estimula a tireóide. O alto teor de fibras melhora o intestino. Também, possui uma gordura de boa qualidade, que oferece saciedade.

Figo: possui alto teor de fibras solúveis e vitamina C

Goiaba: conta com vitamina C e vitaminas A e B1

Jaca: rica em carboidratos, minerais e vitaminas do complexo B

Kiwi: considerada uma das frutas com maior quantidade de vitamina C

Laranja: riquísima em vitamina C

Limão: concentra muita vitamina C

Maçã: contém vitaminas do complexo B e quercetina, substância que ajuda a evitar formação de coágulos sanguíneos

Mamão: possui papaína, importante para uma boa digestão

Manga: excelente fonte de vitamnina A e C

Maracujá: oferece alto valor nutritivo e é rico em vitamina C

Melancia: composta por 90% de água e rica em vitaminas do complexo B

Melão: possui vitaminas A e C e niacina, que combate os problemas da pele

Pera: apresenta minerais como o fósforo e magnésio, que ajudam na digestão, principalmente das gorduras

Pêssego: possui baixo teor calórico e é rico em fibras e vitamina B5

Tangerina: fonte de vitamina A, B e C. O chá das suas folhas é calmante

Uva: altamente energética.


BOM SABER!!!!

A vitamina A restaura e constróis novos tecidos e é essencial para a saúde da pele e dos cabelos; já a vitamina dos complexos B participam do metabolismo de preoteínas, lipídeos e carboidratos e têm papel importante na produção de energia; enquanto a vitamnina C é um potente antioxidante que ajuda a manter a saúde das células.

29 de out de 2009

A compulsão alimentar é um transtorno alimentar comum, em que um indivíduo consome regularmente uma grande quantidade de comida de uma cez só, ou fica "beliscando" constantemente, mesmo quando não tem fome ou se sente fisicamente confortável por comer tanto. Normalmente, o compulsivo não pratica exercício físico frequênte para queimar as calorias e, ao contrário dos bulímicos, não vomita depois de comer em excesso... Quem sofre de transtorno alimentar acaba tendo uma variação constante de peso e, assim sendo, acaba sendo passível de contrair uma grande variedade de doenças. Não há uma cura reconhecida para o tratamento compulsão alimentar, mas existe uma variedade de tratamentos que podem ser explorados quando o transtorno é diagnosticado. O transtorno alimentar é habitualmnete reconhecido por outros devido aos hábitos alimentares de um indíviduo, tais como: 1 - ingerir uma quantidade excessiva de comida, mesmo quando não está com fome; 2- comer até se sentr desconfortavelmente cheio ou mesmo, agoniado 3- esconder hábitos alimentares devido a vergonha ou embaraço 4- esconder a comida para episódios de voracidade 5- esconder embalagens vazias ou caixas de alimentos e gerar lixo em excesso 6- beliscar ou comer constantemente enquanto houver comida disponível 7- comer quando está sob pressão ou se sente psicologicamente diminuído 8- sentir-se subjulgado, envergonhado, e/ou culpado durante e/ ou depois de um epiódio de voracidade 9 - expririr repugnância em relaão a hábitos alimentáres, pedo, corpo ou aparência 10- expressar decontentamento com a aparência, peso ou auto-esitima O tratamento deve ser acompanhado por um profissional qualificado, de acordo com os critérios de saúde mental reconhecidos Não tem cura e, habitualmente, não são usados medicamentos para curar o transtorno O transtorno da compulsão alimenar é um transtorno alimentar comum, embora muitas vezes mal compreendido. Qualquer informação adicional sonbre esse transtorno, deve ser procurada junto de um médico, um especialista em em transtornos alimentares ou outros terapeutas relacionados com esse tipo de condição de saúde.

19 de out de 2009

sais minerais

Segundo os exames que fiz, estou com o cálcio um pouco abaixo do normal... o que me preocupa MUITO, já que estou com problemas nos joelhos e, os médicos já disseram que estou a beira de uma artrose e que preciso perder peso logo (o difícil é conseguir sem poder fazer atividade física... mas, vou tentando!!!)... e, por esta razão, resolvi estudar um pouquinho sobre os sais minerais e as funções de cada um no nosso organismo.... e, vou postar algumas coisinhas aqui... Os minerais possuem um papel bastante importante em nosso organismo, pois é através de sua ação que as reações enzimáticas são reguladas..... bom, talvez, assim como eu, vc deve estar se perguntando "mas o que são reações enzimáticas?".. eu tb não sabia fui pesquisar... e, pelo que eu entendi (aliás, posso estar enganada... portanto, é interessante que pesquisem, também, e não estando de acordo, ou encontrando algo divergente, me avise para que eu possa mudar ou incluir aqui.) podemos dizer que, praticamente, as enzimas são as proteínas, mas que se alteram de acordo com a temperatura e o ph do nosso organismo.. é, assim sendo, sofremos uma reação no nosso corpo, dependendo do que comememos e de como nosso organismo se encontra... daí, essa reação vai gerar uma ação ou reação ao nosso corpo; por exemplo, qdo colocamos abacaxi na carne pra ela ficar macia... ou como a banana se escurece qdo fica fica exposta ao ar... é mais ou menos assim... Os sais minerais são substâncias inorgâncias, ou seja, não podem ser produzidos por seres vivos, e sua maior parte está concentrada nos ossos. Entre os mais conhecidos estão o cálcio, o fósforo, o potássio, o enxofre, o sódio, o magnésio, o ferro, o cobre, o zinco, o selênio, o cromo, etc. Estas substâncias inorgânicas possuem funções muito importantes no corpo e a falta delas pode gerar desequilíbrios na saúde. Contudo, há alguns minerais como, por exemplo, o alumínio e o boro, que podem estar presentes no corpo sem nenhuma função. Como o corpo não é capaz de produzir minerais, eles devem ser ingeridos através de uma alimentação que forneça quantidades adequadas destas substâncias. Caso haja excesso, este será eliminado através das fezes e da urina. Portanto, é de extrema importância que devemos manter uma alimentação balanceada e não deixemos faltar os sais minerais no nosso organismo, para que tudo funcione numa perfeita ordem... Abaixo segue uma lista com alguns minerais e onde eles podem ser encontrados. Cálcio (Ca) - pode ser encontrado em leite e derivados, couve, espinafre e brócolis. Fósforo (P) - é encontrado em carnes, ovos, cereais, etc. Potássio (K) – mineral encontrado na banana, melão, batata, ervilha, tomate, frutas cítricas, etc. Enxofre (S) – em carnes, peixes, ovos, feijão, repolho, brócolis, cebola, alho, germe de trigo, etc. Sódio (Na) – é encontrado no sal de cozinha, algas marinhas, etc. Magnésio (Mg) – encontrado em verduras, maçã, figo, nozes, etc. Ferro (Fe) – encontrado em carnes em geral, fígado, gema de ovo, aveia, feijão, aspargos, etc. Cobre (Cu) – encontrado em fígado, trigo integral, ervilhas, amendoim, nozes, etc. Zinco (Zn) – carnes em geral, ovos, peixes, germe de trigo, castanha do Pará, ervilha, etc. Selênio (Se) – tomate, milho e outros cereais. Cromo (Cr) – carnes, mariscos, cereais, etc. UMA DIETA SAUDÁVEL E EQUILIBRADA É EXCELENTE FONTE DE SAIS MINERAIS e... outra matéria interessante que li também, vou digitar aqui depois, pois estou sem ela em mãos nesse momento, é que, alguns tipos de alimentos não permitem que alguns sais minerais se fixem ao organismos, por isso, é necessário o balancemamento. Um exemplo que peguei pra mim, especificamente, pois estou perdendo cálcio, é o seguinte: li que que, quando alguém está com deficiência de cálcio, não pode se ingerir cenoura demais, pois a cenoura não permite que o cálcio se fixe no organismo, porém, ela é rica em vitamina A e, esta não deve ser eliminada do cardápio, por isso, podemos substituir a cenoura pela ábolbora... outra coisa interessante é que, a vitamina D ajuda a fixar mais cálcio no orgaismo... então, consumindo mais vitamina D, se ingerir uma pequena quantidade de cenoura, não terá problema.... Bom.. isso tudo, eu estou pesquisando... mas, vou confirmar com a minha nutricionista na próxima consulta e, depois, eu informo aqui se são ou não verídicas tais informções. Lembre-se, sempre, que um acompanhamento médico em toda e qualquer dieta é fundamental... portanto, deixar de comer um determinado alimento ou ingerir demais outro, torna-se até perigoso, pois o correto é haver um balanceamento entre todos os alimentos da pirâmide alimentar (ver tópico sobre).

10 de out de 2009

Meus exames

Vou postar aqui meus últimos exames para que eu possa fazer um comparativo entre eles e saber como está sendo minha evolução nessa nova fase da minha vida.

OUTUBRO DE 2009

Realizei novos exames... alguns estou aguardando resultados, como por exemplo, o de urina 24 horas, para tentar verificar o pq estou perdendo cálcio como mostrou os exames anteriores... Decidi mudar de laboratório, também, para ter uma nova opinião...

Fiz um Doppler nos membros inferiores.... vou pegar o resultado ainda...

Fiz endoscopia, constatou uma gastrite leve

Farei uma ressonância nos joelhos

Ferei outros exames solicitados pela endócrino e pela cardiologista.... vamos ver o que vai dar...

SETEMBRO DE 2009

AGOSTO DE 2009
MARÇO DE 2009
FEVEREIRO DE 2009

9 de out de 2009

A quantas anda a minha saúde?!?!

Desde que iniciei o tratamento na medicina preventiva, venho fazendo inúmeros exames... alguns, já eram praxe pra mim (glicose e tireóide)... mas outros, foram novidades.... aliás, um especificamente, me assustou um pouco; pois constatei que estou perdendo cálcio... e a história que o ortopedista me disse quanto a ter artrose antes de chegar aos 40 anos começou a pesar um pouco mais na minha cabeça...
Tenho sentido dores muito muito muito fortes... e estou proibida de atividade física... nem caminhada... nem a natação que eu gostava tanto.... a capoeira, então... afffff.. sabe-se lá quando poderei voltar a treinar... enfim... as sessões de fisioterapia têm aliviado a dor apenas no momento em que faço; mas basta eu sair da clínica e começar a trabalhar que já começa a dar sinal de dores...
Até o salto alto o médico pediu para eu tirar... tô andando só de sapato baixo... sandália rasteirinha... talvez alguns pensem que seja até "desleixo" por me virem de chinelinho andando pelos corredores do fórum... mas, o que posso fazer se cheguei nesse estágio?? Resta-me, apenas, aguardar para ver o que a endocrinologista irá me falar na próxima consulta....
O bom é que, com esses exames todos, tenho estudado muito e descoberto coisas incríveis.. e percebido a cada dia que não é tão dificultoso assim conhecermos o nosso organismo e fornecermos a ele a energia necessária para que ele continue funcionando bem...
Eu sei que estou nesse momento com inúmeras co-morbidades que me autorizariam a fazer a redução do estômago (aliás, isso já foi sugerido por médicos, mas naquele momento, eu não quis)... além da pressão alta, da tireóide que vive oscilando, da retenção de líquido que me faz "engordar num dia e emagrecer no outro", ainda tem a minha glicose que está se mantendo no limite e, também, o meu joelho... aliás, as minhas pernas doem, também... Há um tempo atrás, a dor era tamanha que fui procurar um vascular... ele me disse que eu estava com insuficiência de veia tributária... e necessitaria de intervenção cirúrgica, mas que para isso, era necessário eu reduzir peso... Até iniciei (mais uma vez) uma dieta... mas, não tive um resultado tão satisfatório assim... e, como todas as tentativas, mais uma vez, caiu por terra....
Eu e esses dilemas loucos que não sei mais o que fazer... a endócrino, a nutricionista, o vascular e o nefrologista disseram que preciso fazer atividade física para perder peso mais rápido... o ortopedista diz que não posso fazer de forma alguma em razão da inflamação que estou no joelho... mas que preciso perder peso para tirar a sobrecarga do joelho e, assim, aliviar as dores e me permitir a voltar as atividades físicas...
A pressão sobe, daí preciso perder peso para diminuí-la.. mas sem atividade física não dá... o anti-inflamatório que o ortopedista mandou tomar, estava me causando mais retenção de líquido, a endócrinologista mandou suspender...
Todos pedem para tomar muita água (e eu até tomo.. sempre tive esse hábito)... só que ele não sai!!! nem em suor, porque não estou fazendo atividade física... nem em urina, porque não vou regularmente ao banheiro.. daí.. mais diuréticos....
Putssssss... será que existe um remédio Tudão, que eu pudesse tomar e curar tudo... sem precisar de mais nada depois??? afffffffffff.... parece que até para perder peso o nosso organismo impões burocracias.. rsrsrsrs.... o ideal é não desanimar!!!
E, pra piorar, comecei a pesquisar sobre a função do cálcio no nosso organismo e... descobri que quem tem falta de cálcio, não deve comer cenoura, pois ela é rica em vitamina A e esse vitamina não permite que o cálcio fique no organismo... assim, também, como a fibra, pois ela acaba liberando o cálcio na urina... Daí, pelo que li, é necessário o consumo de vitamina D, pois ela ajuda a segurar o cálcio que consumimos.... vamos ver o que a nutricionista irá dizer na próxima consulta.... Piorrrrrrr.. eu adoro cenoura!!! (aliás, esse é um dos segredos do porque eu consigo sempre pegar um bronze legal, mesmo quando o sol está meio escondido) e necessito de fibras, pois tenho o intestino irregular... e preciso delas para me ajudarem a fazê-lo trabalhar
E, com tudo isso, acabo ficando estressada, cansada, irritada, mal-humorada... da... da... da!!!
Aai.. ai... mais dilemas.... o que fazer?? alguém pode me ajudar?! rsrsrs